Embora

"Aquele seu rompante de vontade de mim, o beijo na rua escura, a cerveja por tabela no sabor da tua boca, o cheiro do teu corpo, o sussurro da voz em tom de despedida ou nunca mais e eu sem saber pra onde ir e o que dizer, não disse nada.

Apenas fomos um do outro e depois fomos... Embora. 

Até agora, uns dias depois, uns dias a mais ainda somos, um do outro, embora... Não sejamos mais."
-

2 Participações:

Ulisses Borges disse...

melhor fotografia é a que as retinas guardam.

Claudinha Santos disse...

Ulisses, obrigada pelas visitas e comentários. Beijos

Postar um comentário

Pode entrar na conversa!

 
Breves Roteiros © Creative Commons 2010 | Plantilla Quo creada por Ciudad Blogger